Páginas

quinta-feira, 6 de fevereiro de 2014

O Magnificat !

 

(Evangelho de Lucas 1, 46-55)

 

Maria, então, disse:

“Minha alma engrandece o Senhor,

e meu espírito exulta em Deus em meu Salvador,

porque olhou para a humilhação de sua serva.

Sim! Doravante as gerações todas

me chamarão de bem-aventurada,

pois o Todo-poderoso fez grandes coisas em meu favor,

Seu nome é santo

e sua misericórdia perdura de geração em geração,

para aqueles que o temem.

Agiu com a força de seu braço,

dispersou os homens de coração orgulhoso.

Depôs poderosos de seus tronos,

e a humildes exaltou.

Cumulou de bens a famintos

e despediu ricos de mãos vazias.

Socorreu Israel, seu servo,

lembrado de sua misericórdia

- conforme prometera a nossos pais –

em favor de Abraão e de sua descendência, para sempre!”

 

Para quem crê, podemos contar com uma mãe em tempos difíceis, e para quem não crê?

 

“Aquilo a que a lagarta chama fim do mundo,

o homem chama borboleta.”

(Richard Bach)

Veja os Poemas...
Postar um comentário