Páginas

sexta-feira, 11 de julho de 2014

Vô Constrói, Filho Usufrui e Neto Destrói !

 
          Vivemos o destino de continuarmos pobres, pois o vô construiu, o filho usufruiu e o neto está destruindo. O vô do processo de controle da inflação no Brasil foi o governo do presidente Fernando Henrique Cardoso, onde o Plano Real foi construído há 20 anos. O governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva foi o filho do Plano Real e usufruiu topo o processo de controle e estabilização do Plano Real, e hoje o governo da presidenta Dilma Vana Rousseff é o neto do Plano Real, que está destruindo todo o processo de controle e estabilização da moeda nacional, ou seja, a inflação está voltando e o Plano Real será um passado a ser alcançado.
         Nós brasileiros, herdeiros de um futuro incerto, devemos fazer um profundo estudo e uma justa avaliação do que está por vir:
         É correto continuarmos com quem não se responsabiliza como o futuro do país?
         Votar na próxima eleição é votar na pessoa que deve ter um compromisso com o futuro do país, com as condições estratégicas de crescimento e desenvolvimento sustentável.
         Quem pode ser esta pessoa?
         Devemos medir as pessoas pelos planos de governo, o conteúdo programático de governo, e hoje estamos diante de uma encruzilhada, de um futuro promissor ou de um eterno berço esplendido, do qual não saímos jamais. A nossa atual democracia já fez maior idade, então nosso líder deve agir como adulto de maior idade não dá mais para brincar de governar.
         Para obter resultados futuros, deve-se planejar a curto, médio e longo prazo, trabalhar e ser coerente com os compromissos a serem assumidos, e a questão é:
         Qual é o compromisso que o futuro líder está assumindo com o povo brasileiro?
         Cada cidadão brasileiro deve buscar saber qual é o projeto de governo de cada candidato a presidência da república, qual é o conteúdo programático de governo e qual estratégia a ser assumida para não se perder os benefícios do Plano Real, pois cada família brasileira já está sentindo o efeito da inflação, a qual parece ser maior que os dados oficiais do governo.
         Se quiser conferir é só comparar o que se comprava no mercado com R$100,00 no mês passado, e o que se compra com R$100,00 hoje, a diferença será o efeito da inflação na moeda nacional. Podemos estar ficando cada vez mais pobre, ou seja, perdendo o poder de compra.
         Na linha do tempo não se volta no tempo, o que decidirmos hoje será o futuro do amanhã, por isso é tão importante uma decisão consciente, calculada, inteligente e estratégica. Vivemos um momento em que o rumo do Brasil tem que mudar, não dá para protelar, é uma questão de sobrevivência do próprio país. Assim convido a todos a cobrarem informação dos presidenciáveis, a saber, quais são os compromissos a serem assumidos, os conteúdos programáticos de governo, e que o voto seja realizado de forma responsável e comprometido com o futuro, para que não nos tornemos netos pobres, pois ainda há tempo para reverter à direção de empobrecimento do povo brasileiro.
         País bem administrado é país capaz de tornar o povo mais rico!

“A verdadeira sabedoria consiste em saber
como aumentar o bem-estar do mundo.”
(Benjamin Franklin)
 
 
 
Postar um comentário