Páginas

segunda-feira, 17 de novembro de 2014

Como Saber o que é Virtude ?

 
Ao estudarmos os antigos filósofos gregos, Menon formula a seguinte pergunta para Sócrates: “A virtude é coisa que se ensina ou é coisa que se adquire pelo exercício? Ou algo que advém aos homens por natureza ou por alguma outra maneira?”
Sócrates responde não saber absolutamente nada sobre virtude. E questiona: “Quem não sabe o que é uma coisa, como poderia saber que tipo de coisa ela é?” E informa que não encontrou outra pessoa que soubesse.
Para se ter alguma coisa, tem que saber em primeiro lugar o que se tem. E Assim foi solicitada uma definição de virtude, e segundo Menon: “A virtude do homem é: ser capaz de gerir as coisas da cidade, e, no exercício desta gestão, fazer bem aos amigos e mal aos inimigos, e guardar-se ele próprio de sofrer coisa parecida. A virtude da mulher é, administrar bem a casa, cuidando da manutenção de seu interior e sendo obediente ao marido.” É diferente a virtude da criança, do ancião, e do Homem livre. “E há muitíssimas outras virtudes, de modo que não é uma dificuldade dizer, sobre a virtude, o que ela é”.
Segundo Sócrates, “embora as virtudes sejam muitas e assumam toda variedade de formas, tem todas um caráter único”. Para Sócrates a mesma virtude pertence a todos, pelo seu caráter único. Sócrates procura uma coisa única para todos os casos, ele quer saber: O que é virtude?
Para Menon, há inúmeras virtudes, a prudência, a sabedoria, a grandeza d’alma, e numerosas outras.
Sócrates procura aquilo que é, o mesmo em todas as coisas. O que a virtude é como um todo.
Segundo Menon, “de que modo Sócrates procurarás a virtude, se não sabes absolutamente o que é?”.
Segundo Sócrates: “a alma é imortal, e que hora chega ao fim e eis aí o que se chama morrer, e ora nasce de novo, mas que ela não é jamais aniquilada. Sendo então a alma imortal e tendo nascido muitas vezes, e tendo visto tanto as coisas aqui quanto as do Hades, enfim todas as coisas, não há o que não tenha aprendido. É possível a alma rememorar aquelas coisas justamente que já antes conhecia.”. O ato de rememorar as coisas, o Homem chama de aprendizado. O procurar e o aprender são, no seu total, uma rememoração.
 
 
Postar um comentário