Páginas

quarta-feira, 19 de novembro de 2014

A Reminiscência da Alma !

 
Para Sócrates, “o que chamamos aprender é apenas recordar”. E para haver a recordação de alguma coisa é necessário que se tenha sabido antes de tal coisa. Ou seja, o saber é uma rememoração.
A prova disso é que ao interrogar um Homem, se as perguntas forem bem conduzidas, por si mesmo ele dirá de modo exato, como as coisas realmente são.
“O que fazem os cientistas, senão rememorar o que já existe ?”
Segundo Sócrates, “tal fato não poderia acontecer se nossa alma não existisse em algum lugar antes de assumir, pela geração, a forma humana”.
Para Sócrates depois da morte do corpo, a alma do homem subsiste com uma atividade real e com capacidade de pensar, a alma é imortal. As almas dos mortos estão necessariamente em alguma parte, e que é de lá que voltam para a vida. Os vivos provêm dos mortos, as almas dos mortos têm existência, e a sorte das almas boas é melhor, e pior a das almas ruins. E a questão que fica é, como é difícil compreender, que o que chamamos aprender seja apenas recordar? Ou seja, um processo de reminiscência da alma.
Em Fedon fala-se sobre as ideias eternas, que são o ser verdadeiro; os objetos materiais não passam de imitações insuficientes daquelas ideias. As almas, antes de entrar nos corpos, contemplaram as ideias eternas, e a percepção sensível dos objetos materiais lhes desperta uma recordação dessas ideias, é a teoria da reminiscência. A partir desta teoria explica-se a forma de pensar de dois principais filósofos do mundo grego, Platão e Sócrates.
Para Sócrates antes de nascermos adquirimos o conhecimento, o belo, o bom, o justo, o piedoso, e tudo mais que é a realidade em si. Ao nascermos esquecemos tudo, mas ao longo da vida, fazendo uso dos sentidos, reaveríamos o conhecimento de tudo pela instrução, que consiste em reaver um conhecimento que nos pertence, e damos a isso o nome de recordar. Para Sócrates a instrução é uma reminiscência, o que justifica o seu trabalho como parteiro das ideias, quando diz que o Homem que busca o conhecimento das coisas está grávido, e ele, Sócrates vai ajudá-lo a parir as ideias, o conhecimento, pelo método da maiêutica.
 
 
 
Postar um comentário