Páginas

domingo, 16 de março de 2014

Criatividade Política !

Estamos às vésperas de uma disputa política para a definição dos principais líderes políticos, ou seja, presidente, governadores, senadores, deputados federais e deputados estaduais, pessoas que irão nos representar para definirem o rumo do futuro da vida de cada cidadão brasileiro, um assunto de extrema importância, o qual nós deveríamos estar empenhados em refletir, discutir, decidir e cobrar...
Mas o que deveríamos cobrar?
Acredito que deveríamos cobrar mais, muito mais, o Brasil pode mais, merecemos ter a presença e a visão de um líder estadista para o Brasil, alguém que pense e veja um Brasil no curto, médio e longo prazo. Que seja capaz de fazer o que realmente é importante para o povo deste país.
O que seria?
São as reformas: Política, tributária, previdenciária, saúde (saneamento básico), educação, segurança pública, econômica, judiciária... E as demais que sejam necessárias. É querer um Brasil com B maiúsculo e P maiúsculo de política.
Por que não conseguimos?
Acredito que falte criatividade política, pois estamos fazendo o mesmo de sempre e temos a coragem de avançarmos sobre os temas de relevante importância para o cidadão brasileiro.
Quem pode dar início ao processo de modernização do Brasil?
Uma pessoa que tenha a capacidade de atuar politicamente acima dos interesses unicamente partidários, que faz de nossa política, uma política de p minúsculo. Cada cidadão brasileiro merece muito mais...
Devemos dizer um basta à mediocridade, ou seja, ao resultado mediano com viés de queda. Chega de sonharmos com o futuro, vamos realizar no presente. Estamos diante de um futuro promissor, que é possível, para tal precisamos nos posicionar, e é este posicionamento que deveríamos estar discutindo.
Por que o Brasil não faz acordos bilaterais com as regiões de maior fluxo de capital (Estados Unidos e Europa)? Até onde devemos acreditar em um MERCOSUL moribundo? Se o Brasil for capaz de dinamizar o seu comércio internacional, podemos obter um crescimento do PIB muito maior, sem falar na atração de maior investimento nacional e internacional.
O Brasil age com um avestruz com a cabeça enterrada no buraco, só conseguindo ver minhocas e agindo como minhoca, vivendo e comendo do básico, perdendo a oportunidade de nos posicionarmos como uma grande ave, o que realmente somos. Podemos ser criativos, agregar valor econômico em nossos produtos, sermos mais competitivos, mas para tal temos que estar trabalhando para esse objetivo. Do contrário estamos condenados a uma renda de país em estágio de subdesenvolvimento, jamais atingiremos um patamar de país desenvolvido, tudo será um sonho ou pesadelo.
Precisamos de um líder que pense grande, que venha dinamizar, enfrentar, romper barreiras, e posicionar o Brasil no lugar de um país da dimensão territorial que tem. Acredito que a causa principal de nossos males está na condução de nossa política, uma política de p minúsculo, sem projeção, sem visibilidade, apenas ocupado com a reeleição.
E o país como vai?
Vai bem obrigado, e será mais uma geração que terá vivido o sonho da esperança, mas para os que querem mais e acreditam que é possível, vamos à luta, vamos votar, vamos cobrar, vamos buscar quem possa ser esse possível líder, capaz de realizar o que está a nossa frente e é possível, desde que tenha uma atitude para tal missão.
Eu quero e acredito, e você quer e acredita?
“O Mundo Real e as coisas são apenas reflexo de uma realidade
perfeita contida no Mundo das Ideias!”
(Platão)
 
Postar um comentário