Páginas

terça-feira, 26 de maio de 2015

Compreensão de um Texto !


           
 

             Segundo Heidegger, “a compreensão é uma estrutura ontológica fundamental do ser humano. Isto significa que sempre estamos compreendendo, de uma forma ou de outra.”
            Ao lermos um texto não há como fugirmos da prática da interpretação, sempre nós estamos fazendo uma projeção, buscando uma compreensão das possibilidades futuras do ser humano, para darmos sentido à vida.
            Para Gadamer, “compreender um texto do passado culmina numa auto compreensão com referência a futuras possibilidades do ser.”
            Sempre compreendemos de alguma forma, o ato de compreensão começa com as estruturas prévias da compreensão e interpreta estas últimas como alguma coisa. O intérprete não tem como escapar do círculo hermenêutico e obter um conhecimento direto.
            Segundo Gadamer, “o caráter arremessado da compreensão significa que a tradição herdada forma o ponto de partida inicial para todos os atos de compreensão.”
            Não compreendemos um texto a partir do nada, partimos de um conteúdo prévio, e este conteúdo faz parte de nossa tradição cultural, é com este viés que olhamos o mundo a nossa volta.
            Gadamer afirma que segundo Heidegger, “a possibilidade produtiva do círculo hermenêutico ocorre quando percebemos que nossa tarefa constante não é deixar que a posição, visão e concepção prévias sejam apresentadas a nós por ideias ao acaso e concepções populares, e sim garantir o tema científico ao desenvolvê-las nos termos das coisas em si.”
            Gadamer tenta demonstrar que na hermenêutica filosófica é possível obter a compreensão correta fundamentando as estruturas prévias da compreensão nas coisas em si.
            Para Gadamer a compreensão de um texto parte de preconceitos, que segundo Heidegger são as coletivas estruturas prévias da compreensão, estas estruturas fazem parte da estrutura cultural localizada no tempo e no espaço do intérprete que realiza a hermenêutica filosófica.
 
 
 
 
Postar um comentário